13 de Outubro de 2009

António Lidou com Arte!

" António Lidou com Arte! "

(...) O festejo inaugural de mais uma edição da Feira da Moita valeu sobretudo pela lide que António Ribeiro Telles ministrou ao seu toiro que, como os demais de Maria Guiomar Cortes de Moura, para além de escassos de carnes, vinham todos ferrados com o numero 6 na espádua. Era um manso com tendência a sair solto e a andar a chouto pela arena. Previa-se uma lide difícil, mas António montado no Rondeño sacou dos seus recursos, foi a Ronda buscar uma pitada de inspiração ao maestro Ordoñez... e a lide, para além de poderosa, teve arte e sentimento. Apoderou-se completamente do toiro ao segundo curto, fixando-o, e na preparação para o quarto, destapou o pote das essências raras! (...)

 

 

 

 

 

 

 

 


In, Revista Novo Burladero, Edição Nº251, Outubro de 2009, " António lidou com Arte!", por João Queiroz